Editora vs. Gráfica: qual é a ideal?

Posts

Quando alguns autores optam por publicar seu livro de maneira independente, a maior — e mais comum — questão que surge é: publicar por editora ou por uma gráfica?

É uma dúvida que surge muito facilmente tanto em questão de comodidade — a gráfica às vezes pode ser na esquina da sua rua, enquanto a editora pode ser a três dias de viagem de onde você mora — quanto em questão de “financeiro”. A gráfica às vezes pode ser mais barata que a editora, ou vice-versa.

Neste artigo, vou expor alguns pontos que existem grandes diferenças entre as duas e ajudar você a ver qual das duas é melhor para a sua publicação, focando nas editoras que cobram para publicar.

Leia mais »

Conheça 6 vantagens de publicar seu livro como eBook

PSD posts dicas

O fato, é: muitos autores independentes estão publicando seus livros como eBooks por uma série de motivos e sendo um deles, principalmente, o custo baixo de produção. O formato digital está sendo o preferido de muitos autores e está ocupando cada vez mais um espaço ainda maior no mercado literário.

Contudo, ao mesmo tempo em que vários autores estão aderindo à plataformas digitais para publicar seus livros, muitos outros ainda estão com um pé atrás em relação aos eBooks. Afinal, não há nada melhor que pegar um livro, sentir a textura da capa, folheá-lo, sentir o cheiro de livro novo e admirá-lo  na estante. Mesmo que apenas os livros impressos proporcionem essas sensações maravilhosas para os leitores, ainda existem diversas vantagens em publicar um livro em formato digital. E então, eis as vantagens:

O custo de produção é baixo. Enquanto um livro pode chegar a custar até quarenta reais a unidade para ser impresso — fora os royalties do autor —, o custo de produção de um eBook dificilmente vai passar de cinco reais, o que dá a liberdade ao autor de colocar um valor de royalties ainda maior em cima, recebendo assim, um valor muito superior ao que ele receberia com as versões impressas.

O valor de venda dele é muito inferior ao do livro impresso no mercado. Quanto menor o valor, maior a demanda potencial, pois incentiva o leitor a comprar o livro. De forma que, um livro impresso custe o valor X, com esse mesmo valor, o leitor pode comprar até cinco eBooks.

É pratico e leve. Por mais maravilhosos que os livros impressos sejam, só os leitores sabem como eles pesam em suas bolsas e mochilas e como é duro carregar o peso nos braços ou nas costas. Já os eBooks podem ser baixados em celular, leitores de livros digitais ou tablets, carregados para qualquer lugar, sem se preocupar com o peso e ainda poderá “carregar” quantos livros quiser!

Chega de correios. Se você quiser organizar uma Book Tour ou enviar seu livro para alguém ler e realizar uma resenha a fim de divulgar seu livro, você não precisará mais enfrentar filas de correio e pagar as taxas de entrega. Basta enviá-lo por e-mail ou através de outra forma de contato para a pessoa desejada.

Maior alcance de visibilidade. Enquanto seu livro impresso fica praticamente restrito ao Brasil, o seu eBook pode ser visto por todo mundo, sendo ele vendido na Amazon, Apple, dentre outros meios de venda de livros digitais pelo mundo inteiro. Eles chegarão até o exterior com mais facilidade e praticidade, sem burocracia e grandes custos, como seria com os livros impressos.

Há uma proteção maior contra a violação de direitos autorais. Enquanto os livros impresso podem apenas serem transcritos para o computador e disponibilizados, os eBooks trazem em seus arquivos várias chaves de proteção que impedem a cópia e distribuição gratuita e ilegal do seu livro.

E aí? Você já publicou seu livro hoje?

Boa escrita para você!

Bio Gabs

Catarse: a plataforma de crowdfunding que pode te ajudar a publicar seu livro

PSD posts dicas

Você conhece o site Catarse?

Catarse é um site que possibilita o financiamento de projetos criativos de modo simples e prático!

Como assim?

Digamos que você tenha algum projeto criativo — um jogo, um livro, um CD a ser gravado —, mas não tem o dinheiro necessário para cobrir as despesas, para que esse seu projeto se desenvolva. Sendo assim, você poderia utilizar o Catarse e pedir o apoio do público.

Mas não é assim tão fácil! Você precisará realizar um vídeo para a campanha, encontrar recompensas atrativas para oferecer aos apoiadores, encontrar uma forma de comunicar a campanha para o público. Após esta etapa, o Catarse faz uma seleção. Se o projeto for aprovado, ele é aberto para a captação e você compartilha sua ideia para o mundo.

Todos os projetos têm que ter um objetivo de arrecadação e um prazo — que varia de 1 a 60 dias. Se as pessoas gostarem do projeto, elas podem apoiá-lo financeiramente para que ele possa sair do papel e se desenvolver. Quando o prazo final é atingido, é onde surge duas opções que o site chama de tudo ou nada.

Por que tudo ou nada?

Simples. Se o projeto for bem sucedido, sendo o objetivo — ou seja, valor total — da arrecadação for atingido ou superado, o realizador — você — fica com o dinheiro arrecadado, ou seja, tudo. Caso contrário, se o objetivo da arrecadação não for atingido, o site devolve as contribuições para todos aqueles que apoiaram e o realizador do projeto não leva nada.

Diferente das leis de incentivo, banco e formas tradicionais de patrocínios, o Catarse é um canal que exige pouquíssima burocracia e baixo risco financeiro, e também, um meio de destacar suas ideias perante o público, abrindo portas para conexões inesperadas com Apoiadores e outros Realizadores. Não custa nada enviar um projeto, porém, se ele está no ar e a sua meta for atingida ou superada, o Catarse fica com 13% do valor arrecadado — cujo valor já inclui tanto a comissão do Catarse como a taxa do meio de pagamento.

Sou escritor. Com que finalidade posso usar o Catarse?

Atualmente, o meio mais simples e rentável de publicação de livros é o da autopublicação — também conhecido como publicação independente ou publicação direta. Há muitas plataformas gratuitas, mas para se publicar um livro, não é necessário apenas escrevê-lo e jogá-lo no ar. Você precisa adquirir os serviços editoriais, que são capa profissional, diagramação, revisão, ISBN, entre outros. A maioria desses serviços não são baratos, e mesmo com formas de pagamento facilitadas, há valores que podem acabar sendo altos demais para você, que é ou já foi escritor iniciante e amador.

Portanto, o Catarse é um meio simples, fácil e prático de financiar a sua obra a ser publicada de modo profissional, além de ser muito interessante e um meio extenso de compartilhamento de ideias e projetos inovadores.

E aí? Vai publicar? \o/

Boa escrita para você!

Bio Gabs