Meus livros: “Harvard”, o personagem preferido

PSD posts meus livros

Todo autor tem seu personagem preferido. Eu seria estúpida se não tivesse. Principalmente em Harvard.

Eu tenho aquela velha síndrome de escritores de quase nunca gostarem realmente do seu personagem principal e, quando vão escrever, se apaixonam verdadeiramente é pelo antagonista: aquele cara que não tem quase destaque, que está sempre de escanteio e que acontece de todo mundo gostar mais dele do que o protagonista. Em várias histórias minhas, eu sempre me apaixonei mais pelo antagonista do que pelo protagonista. Em Harvard, acredito que não seria diferente.

Leia mais »

Anúncios