Resenha: Sangue e Chocolate, de Annette Curtis Klause

Posts

ALERTA: Contém spoilers!

Sangue e Chocolate é um livro que eu sempre quis ler e penei para encontrar, pois ele foi publicado no Brasil através da falida Editora Underworld. Eu pensei que eu nunca ia poder ter o formato físico desse livro nas minhas mãos e teria que me contentar com algum pdf piratíssimo, ou começar a falar e escrever e ler inglês sem problemas para conseguir ler o original ou apenas me contentar com o filme mesmo. Mas, graças aos céus, existe a Estante Virtual e, para a minha sorte, Sangue e Chocolate estava à venda lá por um preço bem bacana.

Sinopse do livro Sangue e Chocolate:

Sangue e Chocolate (Blood and Chocolate), escrito por Annette Curtis Klause, conta a história de Vivian Gandillon que saboreia a mudança, a dor doce e poderosa que a leva de garota à lobo. Com dezesseis anos, ela é bonita e forte, e todos os lobos jovens estão em seu pé. Mas Vivian ainda está de luto pela morte de seu pai; seu grupo continua sem um líder e em desordem, e ela se sente perdida nos subúrbios de Maryland. Ela deseja uma vida normal. Mas o que é normal para um lobo que precisa a todo custo esconder a sua identidade dos humanos? Vivian ganha a vida trabalhando numa loja de chocolates e acaba se apaixonando por um garoto humano, bom e gentil, gatoso um alívio bem vindo para ela. Ele é fascinado por magia, e Vivian deseja se revelar para ele. Provavelmente ele a entenderia sua natureza dupla e não sentiria medo ou repulsa como um humano normal faria. A lealdade dividida de Vivian é forçada ainda mais quando um assassinato brutal ameaça expor o grupo. Movendo-se entre dois mundos, ela não parece pertencer a nenhum dos dois e se sente perdida entre as regras de lealdade de seu mundo e a vontade de se revelar seu amado.

Leia mais »