Autopublicação: uma conquista ou uma humilhação?

Posts

Eu faço autopublicação. Não que isso seja grande coisa. Não que eu seja exatamente a maior entendedora do assunto. Mas eu faço autopublicação e eu conheço esse mercado e muito bem, a propósito. E, principalmente, conheço quem faz parte dele.

A princípio, os autores que entram na autopublicação, são aqueles que estão cansados de escutarem o frequente “não” de editoras tradicionais, apenas porque o seu livro, supostamente, não segue a linha editorial ou o que a editora está procurando no momento. Mas também temos os outros autores que estão na autopublicação porque não querem depender das editoras para que seus livros sejam, finalmente, publicados.

Porém, o problema não é a intenção do autor, não é o desejo de publicar ou o mercado editorial limitado e extremamente seleto. O problema é a opinião a respeito daquela obra. Ela é boa como o autor diz? Se é tão boa assim, então por que nenhuma editora quis publicá-la? Por que o autor precisou pagar para que a obra fosse publicada?

E então, levantamos a questão polêmica: a autopublicação é uma conquista ou uma humilhação?

Leia mais »

A pirataria e a distribuição gratuita, e como isso pode favorecer o autor iniciante

PSD posts dicas

Para o autor, não tem coisa mais chata do que, depois de passar um tempo gigante escrevendo o livro, gastar uma nota com serviços editoriais e impressão do livro, e poucos dias depois de lançar o livro, ver que ele foi pirateado por algum site de distribuição gratuita de livros digitais.

Alguns dizem que a solução é processar quem pirateou e cobrar uma grana da pessoa que ninguém mais vai piratear o seu livro. Outros, dizem que você precisa desapegar e deixar por assim mesmo, porque nenhuma atitude que você tomar vai resolver de verdade alguma coisa. Afinal, seu livro já vai estar na mão de uma penca de pessoas e para eles compartilharem entre si, sem mais ninguém saber, é muito fácil.

Eu sou uma das pessoas que não concorda com a pirataria. Que se eu ver que alguém pirateou o meu livro, eu certamente vou atrás da pessoa e vou exigir algo dela. Eu entendo que a pirataria está presente nos dias de hoje, que em algumas vezes antes mesmo de um filme ser lançado, ele já está rodando em torrents da internet e tudo mais. Por mais que para o lado cinematográfico e musical da coisa tudo esteja bem fora dos eixos e até mesmo descontrolado no que diz respeito a pirataria, acredito que na questão dos livros pode haver o que se fazer a respeito dos responsáveis pela pirataria de um livro.

Entretanto, eu concordo com a distribuição gratuita feita pelo autor. E não, isso não é a mesma coisa que a pirataria. Pirataria é quando alguém, que não tem nenhum direito sobre a obra do seu livro, disponibiliza ele gratuitamente sem sua autorização. A distribuição gratuita é quando você faz isso, alegando consentir em distribuir essa obra na internet, não como pirata, mas como uma versão digital sem custos do seu livro.

Leia mais »

Conheça 6 vantagens de publicar seu livro como eBook

PSD posts dicas

O fato, é: muitos autores independentes estão publicando seus livros como eBooks por uma série de motivos e sendo um deles, principalmente, o custo baixo de produção. O formato digital está sendo o preferido de muitos autores e está ocupando cada vez mais um espaço ainda maior no mercado literário.

Contudo, ao mesmo tempo em que vários autores estão aderindo à plataformas digitais para publicar seus livros, muitos outros ainda estão com um pé atrás em relação aos eBooks. Afinal, não há nada melhor que pegar um livro, sentir a textura da capa, folheá-lo, sentir o cheiro de livro novo e admirá-lo  na estante. Mesmo que apenas os livros impressos proporcionem essas sensações maravilhosas para os leitores, ainda existem diversas vantagens em publicar um livro em formato digital. E então, eis as vantagens:

O custo de produção é baixo. Enquanto um livro pode chegar a custar até quarenta reais a unidade para ser impresso — fora os royalties do autor —, o custo de produção de um eBook dificilmente vai passar de cinco reais, o que dá a liberdade ao autor de colocar um valor de royalties ainda maior em cima, recebendo assim, um valor muito superior ao que ele receberia com as versões impressas.

O valor de venda dele é muito inferior ao do livro impresso no mercado. Quanto menor o valor, maior a demanda potencial, pois incentiva o leitor a comprar o livro. De forma que, um livro impresso custe o valor X, com esse mesmo valor, o leitor pode comprar até cinco eBooks.

É pratico e leve. Por mais maravilhosos que os livros impressos sejam, só os leitores sabem como eles pesam em suas bolsas e mochilas e como é duro carregar o peso nos braços ou nas costas. Já os eBooks podem ser baixados em celular, leitores de livros digitais ou tablets, carregados para qualquer lugar, sem se preocupar com o peso e ainda poderá “carregar” quantos livros quiser!

Chega de correios. Se você quiser organizar uma Book Tour ou enviar seu livro para alguém ler e realizar uma resenha a fim de divulgar seu livro, você não precisará mais enfrentar filas de correio e pagar as taxas de entrega. Basta enviá-lo por e-mail ou através de outra forma de contato para a pessoa desejada.

Maior alcance de visibilidade. Enquanto seu livro impresso fica praticamente restrito ao Brasil, o seu eBook pode ser visto por todo mundo, sendo ele vendido na Amazon, Apple, dentre outros meios de venda de livros digitais pelo mundo inteiro. Eles chegarão até o exterior com mais facilidade e praticidade, sem burocracia e grandes custos, como seria com os livros impressos.

Há uma proteção maior contra a violação de direitos autorais. Enquanto os livros impresso podem apenas serem transcritos para o computador e disponibilizados, os eBooks trazem em seus arquivos várias chaves de proteção que impedem a cópia e distribuição gratuita e ilegal do seu livro.

E aí? Você já publicou seu livro hoje?

Boa escrita para você!

Bio Gabs

Como realizar um lançamento virtual do seu livro em ebook

Post 5

É de conhecimento geral que os eBooks estão virando os queridinhos de todos os autores, por uma série de vantagens que eles proporcionam, desde o pouco trabalho de editoração até o valor de venda que bate vários livros impressos e agrada aos leitores.

Entretanto, ao mesmo tempo em que há uma série de vantagens de se publicar um livro em eBook, há também as desvantagens. Você não poderá sentir o cheirinho do seu livro, carregar na bolsa e mostrar para todo mundo, folhear as páginas, e muito menos fazer uma noite de autógrafos com o lançamento do seu livro. E, para alguns, a maior graça de publicar um livro é essa: realizar uma noite de autógrafos, fazer o lançamento do seu livro. Mas como fazer isso, se o seu livro foi publicado apenas digitalmente?

Esses dias, acabei esbarrando em alguns eventos de lançamentos virtuais dos livros de certos autores, e todos eles traziam ideias muito bacanas, em que acho mais do que válido compartilhar e até pretendo realizar não apenas no meu próximo lançamento, mas em todos, indiscutivelmente, daqui para frente. As dicas trazem, além de ideias para realizar um evento de lançamento virtual, também para divulgar o seu livro no mesmo meio.

Leia mais »