Julgando um livro pela capa: o que a mídia quer ver na capa de um livro?

Posts

A editora americana de autopublicação BookBaby arrasa em artigos. Isso é fato. Novamente, achei um artigo deles super legal sobre capas de livros, e achei interessante compartilhar com vocês. Veja só:

Uma checklist para as capas de seus livros.

Todos os dias autores buscam uma forma de divulgar seus livros, fazê-los chegar a grandes canais da mídia tradicional ou digital. Para decidir se o livro tem chance de prender a atenção da mídia de uma maneira positiva, além do conteúdo do livro, também são analisados alguns fatores na capa do livro.

A capa, contracapa, título, subtítulo, foto do autor e todos os elementos precisam ser executados profissionalmente. Em alguns casos, vemos que estes detalhes são deixados de lado, então vamos tentar ajudá-lo a entender o que a mídia procura na capa de um livro.

1. A capa foi feita por um profissional?

Contrate um designer gráfico especializado em criar capas de livros (não um filho de um conhecido que aprendeu a mexer no Photoshop). Criar uma capa é um combinado de arte e decisões projetuais que envolvem conhecimento de tendências, manipulação de imagens, composição de elementos, escolha de cores, escolha da tipografia. Além de um conhecimento indispensável em métodos e requisitos de impressão ou de apresentação, no caso de livros digitais.

A capa dita o tom do livro. Procure um profissional que trabalhará para representar criativamente o livro. Lembre-se de se certificar que sua capa funciona mesmo em tamanhos reduzidos, que é como ela aparecerá na maior parte dos sites.

De um ponto de vista publicitário, se uma capa de livro é de baixa qualidade, o público provavelmente ignorará o livro, mesmo que seja muito bem escrito por um autor famoso.

2. O título reflete a essência do livro?

Escolher o título é uma combinação de criatividade e pesquisa de mercado.

Criativamente, o título diferencia o livro? Isso é especialmente importante para trabalhos não-ficcionais, em que é essencial descrever o conteúdo do livro imediatamente. livros de ficção permitem um pouco mais de liberdade. O título deixa claro o tom e gênero do livro para seu público-alvo? Por exemplo, é possível identificar se o livro é sério, de humor, autoajuda, infantil ou um mistério policial?

Do ponto de vista de pesquisa de mercado, busque por livros similares. O que faz deste livro diferente? Essa diferença está evidente no título? Que palavras são utilizadas para buscar livros similares? Talvez você possa utilizar essas palavras no título ou subtítulo. O livro faz parte de uma série? Então talvez você devesse criar uma marca para a série. Títulos vagos, compridos ou confusos apenas confundirão seu público.

De uma perspectiva publicitária, quando livros são apresentados para produtores, editores ou mesmo críticos, existem apenas alguns segundos para o livro e seu título chamarem a atenção.

3. Um livro de não-ficção tem subtítulo?

Não ter um subtítulo em um livro de não-ficção é um enorme erro. O subtítulo ajudará o leitor a entender sobre o que é e porque a informação do livro é importante. E construir um bom subtítulo leva algum tempo.

De uma perspectiva publicitária, profissionais de mídia precisam entender rapidamente sobre o que é seu livro e os problemas que ele pode resolver.

4. A contracapa fornece um bom resumo do livro, biografia do autor e comentários?

Alguns livros não têm informação alguma na contracapa. Isso é um erro enorme. Mesmo que o livro seja vendido online. Se a contracapa está em branco, todos saberão que o livro não foi publicado profissionalmente. Uma contracapa deve resumir o livro, e outro erro que vemos frequentemente são sinopses que falam demais sobre o livro. A meta é fazer com que as pessoas queiram ler seu livro.

Para livros técnicos, a informação profissional do autor é essencial. Assim como o restante do livro, contrate um editor profissional para ajudar com o texto. Se você quer utilizar uma fotografia, tenha certeza de que está em alta resolução, e que é uma imagem profissional que se encaixe com o tom e gênero do livro.

Se você tem comentários de pessoas renomadas na área ou de pessoas com outros títulos importantes e relevantes, considere adicionar estas informações na capa ou contracapa.

Nota final

Na busca de inspiração para capas é sempre válido visitar livrarias e também procurar em livrarias online. Como seu livro se parece, quando comparado com os concorrentes? O tamanho, forma, cores, tons, texto e imagens definem firme e rapidamente seu livro para o seu público-alvo?

Essa informação é apenas o início de um processo de marketing e design para criar o exterior de um livro. Com o crescente volume de informação, a capa é o primeiro passo para criar interesse em seu livro.

Traduzido e adaptado livremente de BookBaby.

Bio

Anúncios

Um comentário sobre “Julgando um livro pela capa: o que a mídia quer ver na capa de um livro?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s