Resenha: Apaixonada pelo Garoto Nerd, de Mariana Mello Sgambato

Posts

Tive a honra de trabalhar com a Mariana muito por acaso. Caiu nas minhas mãos o projeto gráfico do novo livro dela, Apaixonada pelo Garoto Nerd, e, enquanto cuidava dele, acabei me apaixonando. A história pode ser simples, ter um nome supostamente previsível, mas te garanto que ela vai fazer com que você também se apaixone.

Sinopse

Era para ser simples: tudo o que Audrey Blackwell precisava fazer era convencer Noah Hartley a ajudá-la a passar de ano. Ela só não esperava se apaixonar pelo cara mais nerd da turma e de quebra, arriscar perder o status de Rainha.

Leia mais »

Resenha: Mentirosos, de E. Lockhart

Posts

Mentirosos foi um livro que comprei num tapa. Na verdade, não sei porque comprei. Talvez porque estivesse barato. Talvez porque eu estivesse com dinheiro o suficiente para levar mais um. Talvez porque o nome me convenceu. Eu lembro que não li a sinopse antes de ter o livro comigo. Talvez, pegar um livro no escuro tenha sido meu maior acerto.

Sinopse

Os Sinclair são uma família rica e renomada, que se recusa a admitir que está em decadência e se agarra a todo custo às tradições. Assim, todo ano o patriarca, suas três filhas e seus respectivos filhos passam as férias de verão em sua ilha particular. Cadence — neta primogênita e principal herdeira —, seus primos Johnny e Mirren e o amigo Gat são inseparáveis desde pequenos, e juntos formam um grupo chamado mentirosos.

Durante o verão de seus quinze anos, as férias idílicas de Cadence são interrompidas quando a garota sofre um estranho acidente. Ela passa os próximos dois anos em um período conturbado, com amnésia, depressão, fortes dores de cabeça e muitos analgésicos. Toda a família a trata com extremo cuidado e se recusa a dar mais detalhes sobre o ocorrido… Até que Cadence finalmente volta à ilha para juntar as lembranças do que realmente aconteceu.

Leia mais »

Julgando um livro pela capa: o que a mídia quer ver na capa de um livro?

Posts

A editora americana de autopublicação BookBaby arrasa em artigos. Isso é fato. Novamente, achei um artigo deles super legal sobre capas de livros, e achei interessante compartilhar com vocês. Veja só:

Uma checklist para as capas de seus livros.

Todos os dias autores buscam uma forma de divulgar seus livros, fazê-los chegar a grandes canais da mídia tradicional ou digital. Para decidir se o livro tem chance de prender a atenção da mídia de uma maneira positiva, além do conteúdo do livro, também são analisados alguns fatores na capa do livro.

Leia mais »

Resenha: A Lista Negra, de Jennifer Brown

Posts

Gosto de livros que abordam temas polêmicos ou, no mínimo, tristes ou chocantes. Talvez tenha sido por isso que amei Os Treze Porquês (Asher), O Céu Está em Todo Lugar (Nelson), A Culpa é das Estrelas (Green)… E com certeza foi por este motivo que me apaixonei por A Lista Negra. Eu criei muita expectativa nesse livro, que há muito tempo eu quis ler. E preciso dizer que ele, felizmente, não me decepcionou.

Sinopse

E se você desejasse a morte de uma pessoa e isso acontecesse? E se o assassino fosse alguém que você ama? O namorado de Valerie Leftman, Nick Levil, abriu fogo contra vários alunos na cantina da escola em que estudavam. Atingida ao tentar detê-lo, Valerie também acaba salvando a vida de uma colega que a maltratava, mas é responsabilizada pela tragédia por causa da lista que ajudou a criar. A lista com o nome dos estudantes que praticavam bullying contra os dois. A lista que ele usou para escolher seus alvos. Agora, ainda se recuperando do ferimento e do trauma, Val é forçada a enfrentar uma dura realidade ao voltar para a escola para terminar o ensino médio. Assombrada pela lembrança do namorado, que ainda ama, passando por problemas de relacionamento com a família, com os ex-amigos e a garota a quem salvou, Val deve enfrentar seus fantasmas e encontrar seu papel nessa história em que todos são, ao mesmo tempo, responsáveis e vítimas. A Lista Negra, de Jennifer Brown, é um romance instigante, que toca o leitor; leitura obrigatória, profunda e comovente. Um livro sobre bullying praticando dentro das escolas que provoca reflexões sobre as atitudes, responsabilidades e, principalmente, sobre o comportamento humano. Enfim, uma bela história sobre autoconhecimento e o perdão.

Leia mais »

Porque os autores nunca devem comentar em críticas negativas sobre seus livros

PSD posts dicas

Meu chefe me enviou este artigo sensacional por e-mail, dizendo que era um texto interessante sobre críticas negativas. Às vezes temos uma fase na empresa em que ninguém consegue aceitar uma rejeição, correção ou recusa de alguma ideia, e quando isso acontece ele sempre nos envia algo como “chora mais” e “aceita que dói menos”, e acredito que talvez tenha sido o caso quando ele me enviou este post — ou talvez não, vai saber. Só sei que eu achei esse artigo sensacional.

Não sou a rainha da tradução, mas ao traduzir por conta própria (e não recorrer à Ana do Quase Mineira, que sempre traduz os posts para o blog da Bookess quando necessário), apelando entre para o que eu sei de inglês e para um Google Tradutor, eu espero não ter deixado nada muito confuso. No final do texto, você consegue conferir o link para a fonte e ler o texto original em inglês, caso prefira. Então, vamos lá:

Você escreveu um livro. O livro foi publicado. Seu agente disse que nunca leu um livro como esse. O seu editor disse que sua voz é inteiramente original. As citações de celebridades na capa do seu livro reforçam essa sensação de brilho intocável. As primeiras cinquenta críticas da Amazon têm inundado na indústria de pessoas que são incentivadas a exibir bondade… Mas todas essas opiniões são inerentemente tendenciosas.

Leia mais »