Você sabe escrever para jovens?

PSD posts dicas

Em sua essência, livros juvenis são para e sobre adolescentes e pré-adolescentes, geralmente entre 12 e 18 anos. Entretanto, mais da metade dos livros juvenis vendidos são comprados por maiores de 18 anos.

Muitos autores de sucesso dizem que não há segredo em escrever para adolescentes. Um bom texto é um bom texto; personagens críveis e histórias interessantes são cruciais, independente de quem seja seu público. Mas alguns autores de livros juvenis também dirão que tem algo particularmente satisfatório em escrever para adolescentes: eles frequentemente respondem com mais intensidade que os adultos às histórias com as quais se identificam.

A seguir uma lista das oito melhores dicas dos especialistas deste ramo:

Pense como um adolescente

Rainbow Rowell nunca teve como objetivo escrever para adolescentes. Seu primeiro livro, Anexos, foi para e sobre adultos e, apesar de Eleanor & Park ser uma história de adolescentes, sua abordagem foi a mesma. Apenas após o romance ser concluído foi que ela descobriu que seria um livro de literatura juvenil.

O que claramente torna Eleanor & Park um livro juvenil não é que os personagens principais são adolescentes. É que o romance via o mundo pelos olhos dos adolescentes. O narrador não está observando nada que os personagens também não estão. É a mesma qualidade (a falta de distanciamento da narrativa) que levou muitos escritores a colocarem O Apanhador no Campo de Centeio, de J. D. Salinger no gênero juvenil.

Veronica Roth, autora de Divergente, menciona que sempre que seus personagens tomam uma decisão muito adulta, sem ter aprendido sobre isso, ela volta para ter certeza que está permitindo que seus personagens errem, como deveriam fazer nessa idade. Quando a perspectiva adulta invade a literatura juvenil, os leitores perceberão.

Encontre a “verdade emocional” da experiência adolescente

O romance hilário e triste de John Green, A Culpa É das Estrelas, não é uma história distópica pós-apocalíptica como Divergente ou Jogos Vorazes, mas as vidas de seus protagonistas dificilmente são iguais a de seus leitores, que provavelmente não têm câncer e não viajam à Amsterdã para encontrar autores reclusos. Ainda assim o livro foi um bestseller por 46 semanas.

Mas eles não precisam se identificar completamente. A característica principal é a verdade emocional, diz David Levithan. “Mesmo que não sejam os mesmos que os personagens, eles estão lindado com coisas — problemas com o que eles são, o que deveriam ser, o que deveriam ou não fazer — que todos nós ligamos, cada um a uma maneira. Em Jogos Vorazes, mesmo que nunca estejamos no lugar de Katniss, as decisões que ela toma fazem sentido emocional para nós — mesmo quando ela toma as erradas.

Uma boa referência de cultura pop ajuda bastante

Uma razão pela qual A Culpa É das Estrelas é familiar para jovens é o fato de que Hazel, como tantos outros, é fã de America’s Next Top Model. E essa referência nos ajuda a entender Hazel como uma adolescente.

E seu personagem pode se interessar pela cultura pop e outras coisas mais complexas. “Adolescentes não fazem distinção entre cultura boa e ruim como nós adultos fazemos”, diz John Green.

Rowell diz que tenta escolher coisas que as pessoas ainda reconhecerão em cinco anos. Com a velocidade que as coisas mudam, alguns assuntos não tão populares hoje podem morrer completamente quando seu livro for publicado.

Consiga opiniões de adolescentes reais

Jodi Picoult escreveu quase duas dúzias de livros, muitos que se concentram em adolescentes memoráveis como protagonistas. Mas foi no ano passado que ela escreveu um livro especificamente para jovens, uma coautoria com sua filha adolescente, Samanta van Leer.

Não há necessidade de convidar um adolescente para uma coautoria, mas conversar com adolescentes e ouvir suas opiniões pode ser de grande valia para sua história.

Use gírias ao seu próprio risco

Quanto mais os autores tentam capturar exatamente a fala dos adolescentes, mais arriscam alienar e distrair seus leitores.

O problema é que seu livro durará mais do que a vida útil do conjunto de linguagem adolescente, que muda geralmente a cada quatro anos. Então, além de parecer defasado, vai parecer que você está se esforçando demais.

Não pare

Quando o autor da série Arrepios perguntou porque tantos adultos liam seus livros, mesmo quando voltados ao público juvenil, a resposta que recebeu foi de que era pela maneira que a história se desenrolava.

Muitas vezes autores de livros juvenis são livres para guiar suas histórias em vez de construir sentenças bem elaboradas para impressionar seus leitores com suas habilidades.

Embora muitos assumam que a literatura juvenil seja escrita de forma simples pela dificuldade de compreensão do público quando, na verdade, a simplicidade e imediatismo deste estilo simples ajuda os escritores a desenvolverem a voz de seus personagens.

Literatura juvenil pode ser sombria

Enquanto muitos acreditam que, ao escrever para jovens, os livros devem se manter em um contexto feliz, quase que como contos de fadas, outros tantos abordam assuntos como morte, drogas ou estupros. Temos como exemplo o livro Os Treze Porquês, de Jay Asher, sobre uma adolescente que se suicida e envia fitas para seus colegas explicando seus motivos.

O que deve mudar é o modo de apresentar os assuntos, que depende da idade que o autor pretende alcançar.

Encontre o “grão da esperança”

Nem todo livro tem um “felizes para sempre”, alguns livros sequer respondem as perguntas levantadas durante a narrativa. Mas quase sempre há um ponto de otimismo em literatura juvenil; um amadurecimento ou desenvolvimento com o qual o leitor pode se identificar, ou o “grão da esperança”.

Incluir a perspectiva de que há um motivo para acordar no dia seguinte não é o mesmo que um sermão sobre otimismo, é apensa parte de uma história autêntica. Os problemas aparecem, você atinge o fundo do poço, mas então você luta contra isso e supera, você encontra uma maneira de sobreviver. A literatura juvenil reflete isso.

 Bio Gabs

Anúncios

Um comentário sobre “Você sabe escrever para jovens?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s